terça-feira, 26 de abril de 2016

Inocentes de Belford Roxo aposta em enredo sobre vilões para disputar Série A

BELFORD ROXO - Já imaginou alguma história sem vilão? A Inocentes de Belford Roxo não. Tanto que a agremiação vai levar para a Avenida no próximo carnaval o enredo “O verso do inverso", que é exclusivamente dedicado aos personagens do mal. Carminha, Nazaré, Malévola, Coringa, Voldemort, entre outros serão os grandes protagonistas do espetáculo carnavalesco.

O tema é de autoria do carnavalesco Wagner Gonçalves, de 38 anos, que volta para a Inocentes depois de dois anos afastado. Foi ele quem assinou o desfile que deu o campeonato para a escola em 2012, quando a Inocentes subiu para o Grupo Especial. O artista, que é fascinado pelos vilões, descartou a possibilidade de retratar os recentes personagens políticos de Brasília como vilões no enredo.

— Só os vilões assumidamente do mal que vão desfilar. Aqueles bem ruins, mas que todo mundo gosta. Não é um enredo com conotação política. É uma tragicomédia — explica Wagner.

Dentro da lógica pensada pelo carnavalesco, a própria Inocentes também será uma vilã. Na verdade, a pior de todas.

— A maior de todas as vilãs será aquela que se diz Inocentes o tempo todo (risos). Nessa brincadeira que vou fazer, a escola vai roubar o coração dos espectadores, além de deixar para trás todas as outras escolas concorrentes. Somos ou não o vilão perfeito? — brinca.

A sinopse do enredo será entregue aos compositores no próximo dia 1. Eles terão quase quatro meses para elaborar sambas irreverentes e fáceis para a Inocentes. A escola definiu que irá escolher a melhor obra durante festa no dia 11 de setembro em sua quadra, no bairro Parque São Vicente. O trabalho de protótipos de fantasias e confecção dos carros alegóricos começará na semana que vem.

— Não é um enredo patrocinado. Mas vou produzir um carnaval de alto nível dentro dos padrões que a Inocentes está acostumada a fazer. Já comecei a desenhar as alegorias e já vamos começar a fazer os protótipos das fantasias — afirma o carnavalesco.

No último carnaval, a agremiação ficou em nono lugar com o enredo “Cacá Diegues — retratos de um Brasil em cena” sobre a vida e obra do cineasta, desenvolvido pelo carnavalesco Márcio Puluker.

Escola busca coreógrafo

Com o elenco praticamente fechado para o carnaval 2017, a Inocentes de Belford Roxo deve definir nos próximos dias quem irá comandar sua comissão de frente. A escola não revela nomes, mas uma das apostas é de que algum coreógrafo do Grupo Especial fique com a função.

Para o carro de som, a tricolor renovou com o intérprete Nino do Milênio, de 27 anos. Ele irá para o terceiro ano consecutivo como voz principal da agremiação.

— É uma felicidade muito grande estar mais um ano na escola que me lançou e me faz sentir realizado como artista. Mais uma vez tenho a oportunidade de mostrar meu talento como protagonista — contou Nino do Milênio.

O casal de mestre-sala e porta-bandeira Peixinho e Jaçanã também continuará no posto, assim como o mestre de bateria Washington Paes. A Mulher Melão não deve permanecer no posto de rainha de bateria.

Via Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário