segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Homem é preso após tentar matar companheira em Belford Roxo

BELFORD ROXO -A dona de casa, Graziele Delgado da Silva, de 28 anos, foi agredida brutalmente, com um caco de vidro, pelo companheiro Antônio José Sodré, de 34 anos, teve a ocorrência registrada na DEAM de Belford Roxo, que conseguiu prender em flagrante o autor da tentativa de homicídio.

Policiais da Delegacia de Atendimento Especial a Mulher – DEAM– prenderam em flagrante, na manhã da última sexta-feira (19), o auxiliar de serviços gerais, Antônio José Sodré, de 34 anos. Ele é acusado de tentar matar a companheira,Graziele Delgado da Silva.

De acordo com agentes da Especializada, a polícia foi acionada por PMs do 39ª BPM (Belford Roxo) e por funcionários do Hospital Jorge Júlio dos Santos Costa, o Joca,que informaram a agressão sofrida pela mulher e o momento de atendimento na unidade médica com o ferimento no pescoço. Conforme investigação, o corte foi produzido por um caco de vidro, derivado de um copo quebrado.

A equipe de policiais ouviu testemunhas e apuraram que o crime ocorreu na Travessa Teresinha, no bairro Santa Amélia. Com os relatos foi possível localizar o acusado, que no momento da prisão estava trabalhando tranquilamente como auxilar de pedreiro e não reagiu.

Por conta da gravidade do ferimento, Graziele foi transferida para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Hospital da Posse) onde passou por uma cirurgia e foi liberada no início da noite de ontem. Antônio José Sodré, acusado por tentativa de homicídio, foi transferido para o Complexo de Gericinó, em Bangu.

Violência no dia-a-dia:

De acordo com dados registrados pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro,no totem Via Lilás, busca através de respostas voluntárias levantar os números da violência doméstica, mais de 70% das mulheres que sofreram algum tipo de violência, não denunciaram seus agressores. São 23 totens espalhados por estações de trem do Rio. Segundo a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, dos cerca de 50 mil acessos, mais de 28 mil responderam à enquete e 39% admitiram ter sofrido.


Via Jornal Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário