sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Namorada de dono de academia em Belford Roxo morto em Mesquita é presa suspeita de ser mentora do crime

POLÍCIA - Elen Cry, de 23 anos, que era namorada do empresário Felipe Lavina, 27 anos, dono de uma academia em Belford Roxo e assassinado no final de outubro em um suposto latrocínio após ter sido refém em Mesquita, foi presa na noite desta quinta-feira (12 de novembro), pela DHBF - Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense.

Segundo o delegado Genilton Lages, Elen se apresentou na DHBF acompanhada de um advogado, e acabou sendo presa preventivamente suspeita de ser a mentora do crime.

De acordo com agentes da especializada, três suspeitos já foram presos e um deles teria apontado a jovem, de 23 anos, como mentora da ação. A polícia conseguiu um mandado de prisão preventiva e a jovem foi detida.




Caso seja condenada, a jovem poderá pegar até 30 anos de cadeia.



Com a prisão de Elen, a polícia espera conseguir chegar até os demais participantes deste crime.

Rede Social
Quando o empresário morreu, amigos de Elen lamentaram o crime no Facebook, comentando uma foto do casal. Nesta quinta, familiares do rapaz postaram comentários na mesma foto, com acusações à jovem. “Destruiu os sonhos do meu sobrinho sua cachorra”, disse uma mulher que se identificou como tia de Felipe.


Na capa da página de Elen na rede social, há uma foto dela e de Felipe e na foto do perfil a mensagem: “Às vezes Deus nos leva ao nosso limite. E SABE PORQUE? É porque Ele tem mais fé em nós do que nós mesmos”.

Assassinato

O empresário foi assassinado a tiros no dia 26 de outubro. Segundo a namorada, eles estavam dormindo quando foram acordados por três homens armados. Segundo a polícia, não havia sinais de arrombamento na casa e os suspeitos estavam em busca de um cofre onde o dinheiro roubado estava guardado. Além dos R$ 10 mil, os ladrões levaram roupas e celulares.

Via G1 / Baixada Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário