terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Facebook desmente post que promete evitar ‘roubo de dados’




REDE SOCIAL - O Facebook desmentiu um post, que viralizou pela rede social, dando a falsa notícia de que a empresa poderia “roubar dados pessoais” dos usuários, com as mudanças nos termos e políticas de privacidade anunciadas na semana passada. A publicação (no detalhe reproduzido ao lado) foi compartilhada por milhares de internautas. O texto informa, de maneira equivocada, que a rede social contaria agora com um software capaz de identificar e armazenar dados dos usuários e iria usá-lo para fins comerciais. O mesmo boato, com um texto diferente, já havia sido espalhado em 2012.


Na publicação falsa, de autoria desconhecida, os usuários eram alertados de que deveriam compartilhar o texto para não terem suas contas invadidas com consentimento. Ainda segundo o boato, o Facebook poderia ser punido, caso descumprisse o “acordo”, por uma lei inexistente e pelo “Estatuto de Roma”, que nada tem a ver com o assunto.


O Facebook, mais uma vez, informou que não rouba informações. Segundo a empresa, apenas dados anônimos são usados para fins publicitários, sem identificar os usuários. Quem postar a mensagem da corrente no site não vai ter benefício algum por causa disso.

As mudanças nos termos de privacidade têm como objetivo desenvolver novas ferramentas, como o botão “Comprar”, que está em fase de testes. A nova função vai permitir que internautas façam compras pela internet sem precisar sair da rede social.


Via Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário