terça-feira, 7 de outubro de 2014

'Obama perde eleição no Brasil', diz Rádio Voz da Rússia



Barack Obama concorreu a uma vaga na Câmara dos Deputados mas não teve sucesso. Com apenas 2.085 votos (0,03% do total dos eleitores do Estado), ele ficou em 289.º lugar na relação de candidatos que disputaram os votos dos eleitores do Rio de Janeiro, e terá que aguardar o próximo pleito para seguir em sua carreira política.

BELFORD ROXO - Barack Obama Cláudio Henrique, do PT, teve que apelar à Justiça Eleitoral para ter o direito de usar no registro de candidaturas o nome do presidente dos Estados Unidos, mas seu esforço foi em vão.

Carioca de 45 anos, solteiro, empresário, ele já teve o sonho de ser o primeiro prefeito negro da cidade de Belford Roxo (RJ), em 2008, ano em que o primeiro líder negro conquistou a presidência dos Estados Unidos. Recebeu cerca de 30 mil votos, e ficou em terceiro lugar, embora o registro de sua candidatura tenha sido depois negado pelo Tribunal Superior Eleitoral por não ter comprovado filiação partidária.

Então, a fama de Cláudio Henrique cresceu, e o técnico de informática e palestrante motivacional chegou a ser tema de um documentário, “The Obama Samba”, transmitido pela TV PBS, e de algumas reportagens nas TVs Al-Jazeera, CNN e Fox News. E, a convite de uma agência internacional de notícias, foi à posse do verdadeiro Obama em 20 de janeiro de 2009, em Washington.

Na campanha que se encerrou na semana passada, Barack Obama Cláudio Henrique usou em sua propaganda as cores vermelha, branca e azul, dos Estados Unidos, e os textos na mesma tipologia usada pelo seu xará na campanha presidencial americana.

A cópia do nome e da figura do presidente dos EUA parece original, mas não é. Espalhados pelo Brasil, houve outros quatro personagens com a mesma inspiração, todos concorrendo à Câmara dos Deputados, em Brasília: Samuel Obama, do PSDC de Pernambuco, Obama de Colombo, do PV do Paraná, Obama Brasil, do PTB de São Paulo, e Cosme Barack Obama, do PMDB também de São Paulo.

Via Rádio Voz da Rússia


Nenhum comentário:

Postar um comentário