sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Família de "Mazinho da Farmácia" desconfia de crime político



BELFORD ROXO - Faltando dois dias para as eleições, o "clima" vai ficando tenso na política de Belford Roxo. A rede social é prova disto. Pode-se perceber cabos eleitorais atacando adversários com assuntos difamatórios e caluniosos. Não bastando isto, a violência sai das telas virtuais e parte para o mundo real.


Na manhã de hoje (02 de outubro), quatro homens em um carro são suspeitos de balear o candidato a deputado estadual Gelcimar Gomes de Azeredo (Marzinho da Farmácia) e a mulher dele, Aline Duarte. O casal estava em um outro veículo quando passou pela Avenida dos Colonizadores, em Belford Roxo, Baixada Fluminense, e foi interceptado pelo carro onde, segundo testemunhas, estavam os atiradores. Vários tiros foram disparados contra eles. Mazinho da Farmácia e sua esposa foram baleados várias vezes.

Ainda de acordo com testemunhas, os autores dos disparos estavam já em fuga quando foram vistos por patrulha do 39º BPM (Belford Roxo). Houve perseguição, mas a viatura da PM enguiçou e os bandidos fugiram. Familiares estão na portaria do hospital e um dos parentes disse que Mazinho estava em campanha. A possibilidade de crime político foi levantada pela família. A polícia ainda não apontou a linha de investigação.

A direção do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, para onde o casal foi levado, informa que o paciente Gelcimar Gomes de Azeredo passou por cirurgia e no momento encontra-se internado em leito de terapia intensiva, em estado grave. A paciente Aline Duarte Florencio Silva também passou por cirurgia e no momento encontra-se internada em leito de terapia intensiva, em estado grave, porém estável.


Notícias de Belford Roxo / O Dia


Nenhum comentário:

Postar um comentário