segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Crivella promete recorrer até ao STF para cassar o mandato de Pezão



O candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PRB, Marcelo Crivella, disse, na noite deste domingo (26), confiar na Justiça Eleitoral e espera a cassação do registro da candidatura do governador Luiz Pezão. Crivella apontou que Pezão responde a 13 ações por irregularidades na campanha, incluindo abuso de poder econômico, abuso de poder político e por uso da máquina pública.
“Aceitamos o que o povo disse nas urnas desde que a eleição esteja de acordo com as regras. O que não aconteceu. É preciso que sejam vistos os 13 pedidos de cassação do registro do Pezão. O corregedor tem que falar”, observou Crivella, em entrevista na sede do comitê de campanha, acompanhado do seu vice, José Alberto da Costa Abreu, da esposa, filhos, militantes e apoiadores.
“Espero a cassação do registro. Se houver cassação, ele não vai ser diplomado e entra o segundo colocado. Tenho todas as esperanças [de assumir o governo], não só eu como 3 milhões 450 mil fluminenses que votaram em mim. Nós estamos com esperança que o tribunal julgue, faça justiça”.
Crivella adiantou que, se houver vitória de Pezão no Tribunal Regional Eleitoral, pretende recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Nós vamos até o final. Se ele perder aqui, o PMDB deve recorrer ao TSE, mas a luta será árdua”, previu ao ressaltar ainda que, em uma eventual validação da candidatura de Pezão, irá recorrer até o STF (Supremo Tribunal Federal), onde não existe nenhuma pressão regional.
Crivella agradeceu a todos os colaboradores da campanha e do partido e aos eleitores que, segundo ele, permaneceram tranquilos e sem medo no coração. “A luta continua em nome desse eleitorado.”
via: PRB

Nenhum comentário:

Postar um comentário