terça-feira, 21 de outubro de 2014

Campanha é dividida entre Pezão e Crivella



ELEIÇÕES 2014 - A presidente Dilma Rousseff (PT) fez campanha ontem no Rio, dividindo seu tempo entre duas carreatas de candidatos ao governo: uma de Luiz Fernando Pezão (PMDB) e outra do senador Marcelo Crivella (PRB). Primeiro, Dilma cumpriu agenda em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, ao lado de Crivella, na presença de Anthony Garotinho (PR) e Lindbergh Farias (PT). 


Durante o evento, a presidente fez ataques indiretos ao senador e candidato Aécio Neves (PSDB) e enalteceu os 12 anos do PT no poder. “A eleição vai colocar, de um lado, aqueles que defendem os empregos e os salários. Do outro lado, aqueles que desempregaram, 
que reduziram salários e que se ajoelharam diante do Fundo Monetário”, declarou.  

Pouco mais de uma hora depois, Dilma fez campanha para Pezão, seu outro aliado no Estado, com a companhia do prefeito Eduardo Paes (PMDB). Eles percorreram as ruas de Padre Miguel, na zona oeste da cidade. 

Em nenhum dos atos a candidata chegou a pedir votos para Pezão ou Crivella. Na carreata de Pezão, entretanto, Dilma não usou adesivos da campanha do governador e nem discursou. Sobrou para Paes fazer uma pequena fala pedindo votos para ambos.

Governantes lideram 


Em pesquisa do Ibope divulgada na noite de ontem, Luiz Fernando Pezão aparece em primeiro lugar, com 56% das intenções de votos. Marcelo Crivella tem 44% (a margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos). Na pesquisa anterior, Pezão tinha 
54%e Crivella, 46%. Foram entrevistados 2.002 eleitores. 


O Ibope também fez um levantamento com o mesmo número de eleitores, no Rio, para a corrida presidencial. A presidente Dilma Rousseff, que tenta se manter no cargo, alcançou 56% das intenções, à frente do candidato Aécio Neves – que foi escolhido por 44% dos entrevistados.

Via Destak


Nenhum comentário:

Postar um comentário