sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Light identifica irregularidades no consumo de energia e DDSD realiza uma prisão em ação conjunta em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Em ação de combate ao furto de energia, a Light e a Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD) identificaram irregularidades e realizaram uma prisão e cinco registros de ocorrência, durante operação “Blitz Legal” no Jardim Vila Nova, em Duque de Caxias, e em áreas de Belford Roxo.

A companhia de energia realizou cerca de 30 inspeções em diversas residências e estabelecimentos comerciais da região. Os clientes que estavam com consumo irregular foram autuados por meio de um Termo de Ocorrência e Inspeção (TOI).

A ligação clandestina é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de prisão, e pode ocasionar acidentes fatais, além de incêndios e danos à rede elétrica. Além disso, os “gatos” comprometem a qualidade do fornecimento de energia, devido à sobrecarga nos equipamentos da rede elétrica. Se todos os gatos de energia fossem eliminados da área de concessão da empresa, a conta de energia dos clientes diminuiria em 17%.

A Light informa que, para quem quiser denunciar suspeitas de furto de energia ou informar qualquer movimentação estranha próxima à rede elétrica da companhia, há canais de comunicação disponíveis: Disque-Light Emergência, que funciona 24h por dia no número 0800 021 0196 ou ainda pela Agência Virtual (www.light.com.br) ou Redes Sociais (twitter.com/lightclientesfacebook.com/lightclientes). Os dados do denunciante serão mantidos em sigilo.


Divulgação




Nenhum comentário:

Postar um comentário