segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Filho de uma das irmãs assassinadas em Belford Roxo ficará com a avó

BELFORD ROXO - Vai ficar com a avó o filho de Jéssica Oliveira de Souza, de 23 anos, encontrada morta a tiros e com sinais de estupro juntamente com a irmã Ariane Oliveira de Souza, de 18 anos, em um campo, na Av. Marcovaldi, no bairro Boa Esperança, próximo ao Gogó da Ema em Belford Roxo. Os corpos estavam abraçados. O motorista e irmão das vítimas, Diego Oliveira, disse que a criança será cuidada com muito amor. 

— Minha mãe vai ficar com a guarda do meu sobrinho. Nossa família toda vai dar o melhor para a educação dele e muito amor porque é disso que ele mais precisa agora. 

Ele contou que perdeu suas irmãs no dia do seu aniversário e disse que a data "não tem mais graça em ser comemorada".


O irmão das meninas acompanha de longe as investigações sobre o caso. 

— A gente da família só acompanha esse caso pela imprensa, o que vemos na TV e o que sai no jornal. Sabemos que a polícia está investigando e quando podem nos passam alguma coisa. 

O irmão das vítimas ressaltou que elas não tinham nenhuma ligação com o tráfico. 

— Não tinham nenhum envolvimento algum, Ariane era estudante e nem faltava aula. Jessica era formada, tinha o Ensino Médio e tinha curso de informática. 

Jéssica e a Ariane eram inseparáveis e um dos desejos de Diego é que o caso não seja esquecido pela imprensa. 

— A ficha parece que ainda não caiu é uma perda muito grande para minha mãe e meu pai as chamava de princesas. Antes delas saírem para a Riosampa elas foram falar com ele. É um vazio grande para a família. Esperamos por justiça.

Via R7


Nenhum comentário:

Postar um comentário