sábado, 10 de agosto de 2013

Crime de Homofobia: Atropelou a vítima por vingança

BELFORD ROXO - O suspeito de atropelar e matar um homem por vingança em São Gonçalo, Hélio Galdino Vieira foi preso ontem por agentes da 54ª DP (Belford Roxo) acusado da morte de Eliwellton da Silva Lessa, de 22 anos. O crime ocorreu em abril deste ano, na Estrada Raul Veiga, em Alcântara, São Gonçalo. O criminoso foi capturado na oficina onde trabalha, no bairro Nova Aurora, em Belford Roxo. De acordo com o delegado titular da unidade, Felipe Curi, após cometer o crime Hélio ficou se escondido em Belford Roxo. O criminoso responderá por homicídio triplamente qualificado.
O acusado já tinha antecedentes criminais por ameaça, violência doméstica e desacato à autoridade. Amigos da vítima dizem que a confusão foi provocada pelo fato de Eliwelton ser homossexual. Após o atropelamento, que o deixou com a coluna quebrada em três lugares, três costelas e a bacia fraturadas, e o pulmão perfurado, ele ficou internado no Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, mas morreu no dia 2 de maio.

Como foi o assassinato


De acordo com informações da Polícia Civil, Eliwelton e dois amigos, todos homossexuais, passavam pela Estrada Raul Veiga, no bairro Alcântara, quando o suspeito, que ajudava um carroceiro, provocou os três, jogando beijinhos. Eliwelton, que media 1,85m e pesava cerca de 100 quilos, se irritou com o gracejo e agrediu o suspeito com socos, aplicou-lhe uma gravata e rasgou sua camisa. O homem, então, foi até uma van e pegou uma barra de ferro para revidar a agressão, mas, de acordo com a polícia, foi impedido por outras pessoas que estavam na rua. Cerca de 30 minutos depois, ele reapareceu dirigindo a van, invadiu a calçada, atropelou Eliwelton três vezes e fugiu


Via Jornal Hora H
Por Ivan Teixeira


Nenhum comentário:

Postar um comentário