quarta-feira, 31 de julho de 2013

Escola Municipal Albert Sabin ganha consultório dentário



BELFORD ROXO - A Escola Municipal de Educação Especial Albert Sabin, no bairro Nova Piam, em Belford Roxo, ganhou um novo consultório dentário com equipamentos adequados para promover o melhor atendimento aos alunos da instituição. Ativo há quatro meses, o espaço vem sendo utilizado pelos frequentadores e resultado dos tratamentos não poderia ser melhor. Podemos perceber dentes bem cuidados em cada rosto, em cada sorriso.
A responsável por tratar de todos os pacientes é a Dra. Maria do Carmo Carnavale, que se orgulha em trabalhar com portadores de necessidades especiais (PNE). “O trabalho que desenvolvemos aqui é muito bom. É importante mantermos uma unidade dentária nessa escola para facilitar a vida das mães e dos alunos, que variam entre 04 e 30 anos. Fazemos o acompanhamento periódico e investimos principalmente na prevenção de problemas bucais, já que muitos têm dificuldades motoras e nem sempre conseguem fazer a higienização necessária”, enfatiza a dentista, que exerce a profissão há 22 anos.

O consultório é uma parceria da prefeitura de Belford Roxo com o programa Brasil Sorridente, o governo municipal cedeu o espaço físico e os equipamentos, além de manter a reposição dos materiais utilizados nos atendimentos. E a comunidade também fez a sua parte, através de voluntários que pintaram o local para deixá-lo mais aconchegante para os usuários.

Os tratamentos são exclusivos para residentes do município matriculados na Escola Albert Sabin ou que realizam acompanhamento médico no local. O horário de atendimento é sempre as segundas e sextas, 8h às 17h. Para agendar uma consulta basta levar o cartão do SUS e fazer uma avaliação prévia.

Para Suzana Silva, mãe do paciente Michael Douglas Silva (12 anos), o atendimento prestado no consultório é fundamental para manter a higiene bucal do filho. “Acho ótimo conseguir tratar dos dentes do meu filho por aqui. Tinha muita dificuldade de encontrar um dentista próximo para cuidar do Michael, mas aqui na escola facilita muito, já que trago ele para a aula mesmo”.

A unidade é referência na educação para jovens portadores de necessidades especiais, considerada a maior escola para PNE na América Latina e a única em atividade na Baixada Fluminense. Atualmente, são mais de 500 alunos matriculados, divididos em três turnos. Além do dentista, a escola oferece também o atendimento multidisciplinar com fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, pediatria e psicopedagogia.


Divulgação




Nenhum comentário:

Postar um comentário