quinta-feira, 21 de março de 2013

Madrugada de terror em Belford Roxo

Cerol manda três pro além e deixa população de Belford Roxo alarmada



A violência em Belford Roxo tem preocupado a população de quase meio milhão de habitantes. Ontem, mais três pessoas foram brutalmente assassinadas. A polícia Civil investiga os crimes, cuja principal linha é a execução. Uma das vítimas foi morta em região onde o tráfico de drogas domina.
No bairro Heliópolis, dois homens não identificados foram mortos durante madrugada de ontem. As vítimas foram atingidas com vários tiros de calibre 380 e 40 milímetros. De acordo com populares, por volta das 2h30 foram ouvidos diversos tiros na Rua Nunes Sampaio, que margeia a linha do trem de carga. Horas depois, os primeiros moradores avistaram os dois corpos e avisaram aos policiais do 39º BPM.

Aumento do índice de criminalidade

Moradores estão assustados com os casos alarmantes de violência na região. Eles acreditam que os índices aumentaram após as polícias Civil e Militar ocuparem as comunidades do Complexo do caju e da Barreira do Vasco, na madrugada do dia 3 deste mês. Foi o início do processo de pacificação das 13 favelas do complexo, na Zona Portuária do Rio. A região vai receber a 31ª e a 32ª UPP do Rio de Janeiro.

Corpo é achado tostado

O Corpo de um homem de aproximadamente 20 anos, de cor morena, foi encontrado no bairro Vila Pauline, também em Belford Roxo. A vítima foi executado com requintes de crueldade. Os autores teriam quebrado uma das pernas do jovem e atearam fogo na Estrada das Pedrinhas. O crime aconteceu numa região dominada pelo tráfico de drogas. O caso está sendo investigado pela 54ª DP.


Via Jornal Hora H


Nenhum comentário:

Postar um comentário