domingo, 31 de março de 2013

Rua Capoeirão em Nova Aurora está abandonada


imagem ilustração



BELFORD ROXO - A Rua Capoeirão, no bairro Nova Aurora em Belford Roxo, está abandonada. Há 15 anos, não é feito nenhum tipo de manutenção no local. Existem inúmeros buracos ao longo da via, além de esgoto a céu aberto. 


Jornal Extra - Mais Baixada




Belford Roxo completará 23 anos e tem pouco a festejar



Belford Roxo, emancipou há 23 anos e pouco evoluiu. Prefeito Dennis Dauttmam admite dificuldades e promete investir para melhorar saúde, educação e saneamento básico

BELFORD ROXO - Emancipada de Nova Iguaçu em 3 de abril de 1990, Belford Roxo completará 23 anos na quarta-feira sem ter muito o que festejar. Nesse período, a cidade se desenvolveu, mas ainda enfrenta muitos problemas em setores como educação, saúde e saneamento básico.

Eleito prefeito em outubro do ano passado, Dennis Dauttmam assumiu o cargo no início do ano sabendo que havia muito o que fazer. Mas promete mudar em quatro anos o que nenhum outro prefeito conseguiu nos outros 23.

Segundo ele, a prefeitura tem cerca de R$ 200 milhões em dívidas e mais de 60% dos moradores não contam com saneamento. A coleta de lixo, um dos principais problemas encontrados pelo prefeito, ainda não foi regularizada.

Mas, na Saúde, Dauttmam diz que já houve evolução. Na Educação, avalia, será preciso investir em estrutura. “Todas as 74 escolas e creches da cidade precisam passar por reformas. Nenhuma delas é adequada para receber os 60 mil alunos da rede municipal”, afirma.

Morador da Rua Raimundo Correia, do bairro Vila Santo Antônio, Edson Soares, 55 anos cobra saneamento básico. “Moro aqui há 40 anos e a rua nunca recebeu drenagem e asfalto. Nós, moradores, temos que jogar pó de pedra e entulhos de obras para tapar os buracos”, conta Soares.

Dennis Dauttmam diz, no entanto, que bairros já começaram a receber obras de infraestrutura. “Estamos priorizando aqueles onde o acesso do transporte público é mais difícil, como São Francisco e Vale do Ipê”, garante.

Para a comerciante Maria de Fátima Tibúrcio, 56 anos, é preciso resolver de uma vez por todas o problema do lixo na cidade. “O caminhão não passa na rua onde moro. Tenho que botar o lixo no meu carro e trazer para o asfalto”.

O prefeito pede um mês de prazo para limpar a cidade. “Faremos um contrato emergencial e vamos deixar a cidade 100% limpa até o fim de abril”, promete Dauttmam.

Investimento para crescer

Uma das principais preocupações de Dennis Dauttmam é melhorar a Saúde de Belford Roxo. O Hospital do Joca, referência na cidade, atende, segundo o prefeito, até mil pacientes por dia. Já a UPA da cidade, segundo ele, dobrou o número de atendimentos. “Eram 3.500 e agora são 7.300 por mês”, informa o prefeito.

Para alavancar o crescimento, ele pretende levar para a cidade um polo de confecções, um polo gastronômico e revela um projeto que vai refrescar a população nos dias de calor: “Estamos conversando com uma empresa para trazer um parque aquático”.

Via O DIA





A origem da cidade de Belford Roxo



BELFORD ROXO - Na segunda metade do Século XVI, o capitão-mor Belchior de Azeredo recebeu uma sesmaria às margens do Rio Sarapuí, na antiga aldeia dos índios jacutingas. Sarapuí seria uma variante, na língua tupi, de çarapó-y, rio dos sarapós, peixe de água doce em forma de enguia que escapa ou escorrega das mãos, também chamado de faca.

No local, Belchior fundou a Fazenda Santo Antônio de Jacutinga e construiu uma capela para Santo Antônio numa encosta, a 750 metros da margem do Rio Sarapuí, próximo ao local estabelecido para atividades portuárias.

A região foi ideal para ocupação, com florestas, boa fauna e rios com abundância de peixes e moluscos, bases de subsistência dos chamados povos sambaquianos. No Século XVII, o número de engenhos rapidamente crescia, e a cana-açúcar absorveria quase toda iniciativa dos fazendeiros. O açúcar impulsiona também o crescimento demográfico, com a chegada de escravos às lavouras.

As terras onde está Belford Roxo foram assinaladas pela primeira vez no mapa elaborado por João Teixeira Albernaz II em 1566, entre os rios “Meirth, Simpuiy e Agoassu”. Os índios tupinambás chamavam a região de “Ipuera” (o que foi água), os portugueses chamavam de brejo.

Na Fazenda Santo Antônio de Jacutinga foi instalado um engenho de açúcar no início do Século XVII. O local foi o núcleo inicial de uma pequena vila que surgiria no fim do século XIX, cortada pelo Sarapuí, cercado por pântanos e brejais. O rio possuía um porto para escoar a produção: açúcar, arroz, feijão, milho e aguardente.

No início do Século XVII, o Engenho Santo Antônio de Jacutinga foi desmembrado, surgindo a Fazenda Engenho Maxambomba e a Fazenda Engenho da Posse, em Nova Iguaçu. No século seguinte, houve novo desmembramento. Nas terras do engenho de Maxambomba surgiu a Fazenda Engenho da Cachoeira de Mesquita.

Ainda no mesmo século, as terras do engenho de Santo Antônio de Jacutinga voltaram a ser desmembradas para a formação de novos engenhos: do Brejo e do Sarapuí. Após os desmembramentos as terras do Engenho de Santo Antônio de Jacutinga tornaram-se Freguesia de Jacutinga, atual Belford Roxo.

Outro importante engenho foi o do Calundu, na freguesia de Jacutinga. Foi assim chamado não apenas pelos adeptos do calundu, mas também pelos descendentes portugueses, já que este estava inserido na paisagem social desta região. Nas terras desse engenho fica hoje a área onde está situado o Instituto de Arqueologia Brasileira.

Na segunda metade do Século XIX, a Baixada já registrava o impacto da produção agrícola extensiva, com desmatamento e assoreamento dos cursos d’água, transformados em áreas pantanosas, fazendo aparecer febres palustres. Em 1850, a situação era de calamidade, com epidemias. Senhores de engenho fugiram para lugas mais seguros, e propriedades foram abandonadas.


As informações são de Genesis Torres




quinta-feira, 28 de março de 2013

Ônibus da Baixada Fluminense são risco e tormento para os passageiros



Coletivo com a campainha de parada estragada: flagrante do descaso - Foto: Paulo Alvadia
BELFORD ROXO - Viajar nos ônibus que circulam por Belford Roxo e pela Baixada Fluminense é prova de coragem. Virou rotina para os passageiros encontrar veículos em péssimo estado de conservação e, muitas vezes, sujos.

Bancos soltos, barras de ferro enferrujadas, pneus carecas, vidros rachados, falta de limpeza e longos minutos de espera são alguns dos problemas enfrentados por quem depende da condução.

Em alguns casos, nem os botões que acionam a campainha que avisa o motorista para parar no próximo ponto funcionam. 


A falta de ar-condicionado é outro transtorno. Moradora de Belford Roxo, Carmélia Moraes trabalha no Rio e reclama do calor. “Pago mais caro na linha Belford Roxo/Central, mas o ar não funciona”.

Pedro Antônio Ismério, de 69 anos, contou que, num ônibus da linha Nova Iguaçu/Comendador Soares, precisou gritar para poder descer no ponto certo em Comendador Soares.

Ele disse que apertou o botão e achou que o motorista estava ciente. “Mas, quando passou o ponto, dei um grito. Mesmo assim, o motorista ainda passou, e eu tive que voltar a pé uma parte. É uma luta diária”, afirmou ele.

A falta de limpeza incomoda a estudante Mariana da Silva, 30. Segundo ela, a maioria dos ônibus em Comendador Soares não é limpa, e o cheiro é ruim. “Já peguei ônibus com vômito, fedendo. De uns tempos pra cá, os bancos estão encardidos, mofados”.

Em Caxias, a situação é parecida. Carros de vários empresas estão com pneus carecas e rachaduras nos tetos. A situação preocupa a doméstica Lourdes Maria Nascimento, 43: “Na semana passada, peguei a linha Caxias/Pantanal, e o motorista saiu da pista na curva. Ele disse que já tinha informado à empresa que o pneu estava careca”.

Via O DIA

Polícia acha corpos em poço no Parque Roseiral

Uma das vítimas estava sumida desde fevereiro
BELFORD ROXO - Os corpos de duas mulheres foram encontrados no fundo do poço de uma casa abandonada, no Parque Roseiral, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo informações da polícia, as vítimas estavam desaparecidas desde 21 de fevereiro.


O delegado da DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense), Pedro Medina, informou que a especializada já vinha investigando o desaparecimento de uma jovem, de aproximadamente 21 anos. Ontem, os agentes chegaram até a comunidade dominada pelo tráfico de drogas para checar a informação de que um corpo teria sido jogado dentro de um poço.

Uma guarnição do destacamento do corpo de Bombeiros de Belford Roxo foi acionada para o local. O poço, de cerca de 15 metros de profundidade, teria sido aterrado com entulhos após os corpos serem jogados. Durante as primeiras escavações, a equipe encontrou pedaços do seriam cadáveres humanos. Os restos forram enviados para análise no Instituto Médico Legal.

Via Jornal Hora H


Representantes da Beltáxi solicitam cursos ao Sescoop/RJ



BELFORD ROXO - Dando mais um exemplo de aproximação com as cooperativas, o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ (Federação e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Rio de Janeiro), Marcos Diaz, recebeu no dia 26 de março, na sede da instituição, representantes da Cooperativa de Táxi e Transportes de Belford Roxo (Beltáxi). A pauta do encontro foi a apresentação da necessidade de cursos para os profissionais da cooperativa. 

Estiveram presentes o diretor da OCB/RJ, Vinícius Mesquita, o presidente da Beltáxi, Marcelo Leandro dos Santos, e o diretor administrativo da cooperativa, Jurandir Lins. 

Para Marcos Diaz, a aproximação com as cooperativas é de extrema importância para o setor e a função do Sescoop/RJ é exatamente essa, de fornecer capacitação cooperativista aos associados. "Buscamos sempre o fortalecimento do cooperativismo no Estado do Rio de Janeiro. Também é importante que as cooperativas venham até o Sistema, que é a casa delas, em busca de capacitação para seus profissionais", afirmou.

Segundo o dirigente da BelTáxi, Marcelo Leandro dos Santos, a aproximação com a instituição é benéfica para todo o setor. "Graças a esta porta aberta do Sistema estamos buscando a capacitação de nossos cooperados. Não é um benefício apenas para o taxista, mas para toda a sociedade", explicou.


Via Montenegro Comunicação - Assessoria Sistema OCB/Sescoop-RJ



Escola Municipal Albert Sabin comemora 20 anos de existência



BELFORD ROXO - Na última segunda-feira (25), a emoção tomou conta dos presentes na festa de comemoração dos 20 anos da Escola Albert Sabin no bairro Nova Piam, em Belford Roxo. Uma história de lutas, desafios e superação de toda equipe de trabalho, mas principalmente dos Alunos atendidos e de todos os Pais, que não desistiram de lutar até conquistarem uma vida de mudanças e transformações para seus filhos especiais.


O Prefeito Dennis Dauttmam e sua equipe participaram do evento, e entre eles muitos secretários, assessores e vereadores, acompanharam as apresentações que contaram um pouco da história da escola, que emocionou a todos. O destaque ficou para as inúmeras apresentações de Danças e Músicas que agitaram a comemoração.




Fonte: Facebook


Prefeitura de Belford Roxo inicia recapeamento da estrada Manoel de Sá



Começaram na segunda (25) as obras de recapeamento asfáltico da Estrada Manoel de Sá, no bairro Lote XV, em Belford Roxo. O recapeamento será por toda extensão até o Vale do Ipê. 


A iniciativa da nova gestão da Prefeitura de Belford Roxo é recuperar e melhorar o trânsito nos bairros que envolvem a via, que encontra-se com trechos intransitáveis. 

O prefeito Dennis Dauttmam inspecionou o início dos trabalhos. “Fechamos uma parceria com o Governo do Estado, vamos receber inicialmente 25km para recuperar as principais vias do município”, destacou o prefeito. 

Em paralelo, a gestão também vai deflagrar uma operação para tapar buracos em vias da cidade. A Avenida Joaquim da Costa Lima já está sendo beneficiada pela operação.




Reportagem: Notícias de Belford Roxo



OAB de Belford Roxo começa a arrecadar donativos para vítimas das chuvas


BELFORD ROXO - Aderindo à rede solidária formada para ajudar as vítimas das chuvas que provocaram a morte de 27 pessoas em Petrópolis, a OAB de Belford Roxo montou um posto de arrecadação de donativos a serem enviados ao município. A maior necessidade dos desabrigados, neste primeiro momento, são donativos como: material de higiene pessoal e limpeza, alimentos não perecíveis, água mineral e agasalhos. 

Os donativos podem ser entregues na Subseção de Belford Roxo – Rua Tuiuti, Lote 8 quadra 14, Hiterland – Belford Roxo (tels. 2661-3552 / 2785-6968)




Divulgação



Confira o que abre e fecha no feriado da Semana Santa em Belford Roxo



BELFORD ROXO - Durante o feriado da Semana Santa, o funcionamento de alguns serviços e estabelecimentos têm horários especiais. Confira abaixo horários e o que abre e o que fecha na sexta-feira, no sábado e no domingo:

Prefeitura
A prefeitura de Belford Roxo não fará atendimento na sexta-feira, por conta do feriado da Paixão de Cristo.

Paixão de Cristo
A encenação da Paixão de Cristo se iniciará às 19h, (sexta-feira) na Rua Tutóia 24, Igreja Nova Vida, Heliópolis, Belford Roxo.

Comércio
A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belford Roxo (CDL Belford Roxo) informa que o comércio de rua funciona normalmente até a quinta-feira (28), fecha na sexta (29) e retoma as vendas no sábado de aleluia (30). 

No entanto, algumas magazines abrem na Sexta-Feira da Paixão, como a Casa&Vídeo e outras.

Trens
Também operam em horário especial para levar os fiéis ao evento evangélico "Louvorzão", que acontecerá na sexta-feira, na Quinta da Boa Vista, a partir das 15h. Serão disponibilizadas 20 viagens extras, todas realizadas por trens com ar-condicionado, totalizando 37 mil lugares adicionais na oferta realizada em dia de feriado. Eles sairão de Belford Roxo, Japeri, Santa Cruz e Saracuruna, com destino à Central do Brasil, entre 12h e 13h50m. A volta para casa será garantida por composições extras que deixarão a estação Central do Brasil com destino a Belford Roxo, Japeri, Santa Cruz e Saracuruna, a partir das 20h. Todos os trens realizarão o trajeto como paradores.

Bancos
As agências bancárias não farão atendimento na sexta-feira, por conta do feriado da Paixão de Cristo. A informação foi divulgada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A população poderá utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar as operações bancárias, como caixas eletrônicos, Internet Banking, Mobile Banking e banco por telefone.

As contas com vencimento marcado para esta data, como contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo), e os carnês poderão ser pagos na segunda-feira, sem incidência de multa.

Os clientes também podem agendar nos bancos os pagamentos das contas ou pagar aquelas com código de barras nos caixas automáticos. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do DDA.

Correios
Apenas a agência dos Correios localizada no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) estará aberta no feriado de sexta-feira e no domingo. O funcionamento será em esquema de plantão em ambos os dias, das 8h às 15h30m. No sábado, a rede estará aberta normalmente, das 9h às 13h. A Central de Atencimento ao Cliente dos Correios funcionará normalmente nos três dias, das 8h às 18h

Metrô - Rio
No feriado de sexta-feira e no domingo, o funcionamento será restringido para o período das 7h às 23h, com transferência entre as linhas sendo feita somente na Estação Estácio. No sábado, o embarque ocorrerá das 5h à meia-noite, com transferência na Estação Estácio.

Divulgação



Homem é morto a tiros em Belford Roxo, na Baixada Fluminense

BELFORD ROXO - Um homem, identificado como Carlos Alberto Feijó dos Santos, 30 anos, foi encontrado morto na avenida Retiro da Imprensa, em Belford Roxo. O corpo tinha marca de tiros e a vítima portava documentos. Ainda não há informações sobre o suspeito de execução ou sobre o que motivou o crime. O caso foi registrado na 54 DP, em Belfod Roxo



Via Extra On Line


A campanha de vacinação contra a gripe acontece entre 15 à 26 de abril

SAÚDE - Foi anunciado, nesta terça-feira (26), o lançamento da 15º Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza. A campanha será realizada de 15 a 26 de abril, com o dia de mobilização nacional (Dia D) marcado para o sábado (20). Realizada pelo Ministério da Saúde, em parceria com as secretarias estaduais e municipais, a campanha abrange todos os estados do País e o Distrito Federal.

Este ano, a vacina tem os três tipos de vírus que mais circularam no inverno, Influenza H1N1, H3N2 e Influenza B.

A meta é atingir 31,30 milhões de pessoas em todo o Brasil, com o objetivo de evitar a propagação do vírus da influenza, principalmente entre os grupos prioritários, que compreendem crianças de 6 meses a 2 anos de idade; gestantes, independente da idade gestacional (meses de gravidez); mulheres no período puerpério, até 45 dias após o parto; pessoas com 60 anos de idade ou mais; trabalhadores da Saúde que atuam nos serviços de referência para Influenza; população privada de liberdade (população prisional); e, neste ano, estendida também a pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições que possam favorecer o surgimento de casos graves de gripe influenza.

De acordo com o ministro da saúde, Alexandre Padilha, a maior preocupação é reforçar a vacinação aos grupos de doenças crônicas e as mulheres no período puerpério (com 45 dias após o parto). “Este ano estamos estimulando estados e municípios a terem métodos de busca ativa dos públicos prioritários”, destacou.
Campanha

Cerca de R$ 332 milhões serão destinados à compra de vacinas, R$ 27 milhões para estados e municípios reforçarem a campanha e R$ 12 milhões para estados investirem em campanha publicitária.

Este ano, o ministério pretende reforçar, ainda mais, a vacinação entre os grupos prioritários, com estímulo à busca ativa. Padilha destaca que para o público de maior risco, basta ir até um posto de unidade básica de saúde com a receita médica e se prevenir contra a gripe, independente da idade. A vacina será realizada não somente em posto especializado, como nos anos anteriores. “Estamos ampliando o acesso a vacinação desse grupo”, ressalta.

A campanha começa a ser veiculada na TV e no rádio a partir do dia 8 de abril.


Via Governo Federal


Polícia encontra poço usado como cemitério por tráfico em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Veja a reportagem da TV Record - Bombeiros de Belford Roxo foram chamados para tirar corpos e restos mortais de um poço com 12 metros de profundidade. O poço fica no bairro Parque Roseiral, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. 






Veja o video abaixo:



Via R7

Feira de Areia Branca em Belford Roxo vende remédios irregulares


BELFORD ROXO - Veja a matéria da TV RECORD - Os medicamentos são oferecidos a preços abaixo do mercado e sem nenhum tipo de garantia. A reportagem mostrou a ação da polícia, que prendeu um comerciante ilegal na Feira de Areia Branca em Belford Roxo.






Veja o vídeo abaixo:



Via R7

terça-feira, 26 de março de 2013

Detro apreende 2 veículos piratas em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Os fiscais do Detro - Departamento de Transportes Rodoviários apreenderam, nesta segunda-feira, 23 veículos piratas, sendo 10 kombis, nove vans, dois táxis, uma Towner e um ônibus.

Em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, os agentes pegaram duas Kombis.

Na Zona Oeste, as equipes recolheram duas vans, um ônibus e um táxi na Estrada do Catonho; duas vans e uma kombi no Largo do Anil, em Jacarepaguá, além de uma kombi e três vans no Itanhangá. Em Olaria, na Zona Norte, três kombis, uma van e um táxi foram retirados de circulação.

Ainda na Região Metropolitana, na Baixada Fluminense, os agentes pegaram três kombis em São João de Meriti. Já na Região dos Lagos, uma van e uma Towner foram encaminhadas ao depósito público, em Araruama.


Via O DIA


A rua que só dá para passar voando em Belford Roxo

Ônibus que tentam passar afundam nos buracos. Zé Lador só conseguiu chegar voando até o fim Estrada Manoel de Sá


Uma rua intransponível que mais se assemelha a um cenário de guerra. Crateras, nuvens de poeira e materiais para obra. quase que abandonados na pista, mostram o transtorno por que passam moradores comerciantes daEstrada Manoel de Sá, no Vale do Ipê, em Belford Roxo. 
Quando chove, a pista vira uma “piscina“, e até mesmo veículos de grande porte passam aperto, como na foto em que a leitora Lucia Helena enviou, mostrando um ônibus afundando no que restou do asfalto.
Impressionado com a imagem, o boneco cidadão voou até o local, na tentativa de ajudar os moradores. Na estrada. simplesmente a principal do bairro, verificou que seis linhas de ônibus já não passam mais pela via.
- Estamos parando três quadras antes do ponto final. Já teve muito carro quebrado -disse um motorista da Linha Vale do Ipê-Caxias.
Se Os passageiros são obrigados a caminhar, os comerciantes amargam prejuízos.
-Nem o caminhão do Ceasa quer vir aqui - disse João Cunha, de 47 anos, proprietário de um mercado.

A Prefeitura de Belford Roxo informou ao Zé Lador que vai começar, hoje, o asfaltamento da rua no Vale do Ipê e que as manilhas já estão sendo substituídas.


Via Jornal Extra


Dennis Dauttmam diz que dívida da prefeitura ultrapassa R$ 200 milhões



BELFORD ROXO - O prefeito de Belford Roxo, Dennis Dauttmam foi entrevistado pelo Portal Vermelho (site ligado ao partido PCdoB). Em entrevista, o prefeito faz um balanço desse seu início de gestão e reconhece que há muito por fazer. Mas, para executar os projetos de seu governo, está saneando as contas e recuperando as finanças da prefeitura, que encontrou em frangalhos. Sua preocupação maior é que o servidor seja respeitado, e que os salários não voltem a atrasar.

Confira na íntegra a entrevista:


Prefeito, qual a sua avaliação desse início de governo?

- Encontramos muitos problemas. Tínhamos a expectativa, sim, de encontrar a cidade com alguns problemas, mas não do tamanho que encontramos. Sou morador há mais de 40 anos, conheço a realidade, mas, mesmo assim, fiquei surpreso. Esperava, por exemplo, encontrar o Hospital do Joca com o centro cirúrgico funcionando. Estava em obras. Havia recursos na gestão anterior para isso. Mas, encontrei no tijolo, sem equipamentos, sem nada. Uma recepção só no tijolo.

Então, o senhor encontrou a Saúde no caos?

- Sem médicos, funcionando precariamente, sem uma estrutura adequada para atender a população. Nós assumimos esses problemas todos para solucioná-los o mais rápido possível.

E o orçamento da prefeitura? Muitas dívidas?

- Esperávamos encontrar a prefeitura com algum endividamento. Quando muda o governo, sempre ficam dívidas. Mas, não do tamanho que encontramos. Hoje, está passando de R$ 200 milhões de endividamento. A cidade tem pouco mais de R$ 500 milhões de arrecadação anual. E você pega a cidade com quase a metade comprometida em dívidas, é uma situação bastante complicada. Não é tão fácil equacionar isso.

E a Educação?

- O município tem mais de 100 unidades de ensino, entre escolas e creches, que não foram reformadas. Nenhuma foi construída em quatro anos. E nós temos que transformar a cidade. Vamos ter que construir e reformas as escolas, fazer mais creches. E já iniciamos, com o apoio do governo federal, através do Ministério da Educação, incrementar esse processo. Já estamos identificando áreas para começarmos as obras de construção de novas escolas. Isso em 60 dias de governo, mas estamos correndo contra o tempo. Então, é prematuro para fazer um diagnóstico completo da situação. Mas estamos reunindo os recursos possíveis do município, indo atrás de emendas em Brasília, buscando parceria com o governo estadual para viabilizar nossos projetos.

Como o senhor vai reverter a situação do município com o pior Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do estado?

- É um grande desafio. Coloquei uma equipe técnica-pedagógica para trabalhar para que a gente seja uma referência positiva do Ideb no estado. Vamos dar melhores condições de trabalho para os profissionais da Educação, salários adequados, com profissionais que tenham satisfação em trabalhar. Para mudar esse quadro negativo, estou visitando as escolas e conversando com os diretores, com os professores, e com os pais. As crianças terão uma alimentação de qualidade, com espaços modernos e estrutura para estudar e se desenvolver. Tudo isso vai contribuir para melhorar a nossa posição no Ideb. Vamos incentivar também os profissionais, pagando gratificações com a melhora do desempenho. É obrigação do profissional, mas sei reconhecer um bom trabalho.

O senhor esteve recentemente com o governador Sergio Cabral, em audiência no Palácio Guanabara. Que tipo de compromisso ele assumiu para colaborar com a administração da Prefeitura de Belford Roxo?

- Ele foi muito objetivo. Disse: "Dennis, reúna uma equipe de técnicos para viabilizar os projetos e, juntos, vamos fazer muito pela população de Belford Roxo. Eu vou te ajudar em tudo o que for possível. Nós temos uma dívida com aquela população, por falta de parcerias de governos anteriores".

O senhor já preparou essa equipe?

- Imediatamente determinei a instalação de uma CGP (Coordenadoria Geral de Projetos). Estamos identificando os problemas de Belford Roxo, a demanda do município, para desenvolver os projetos de cada segmento e executar as obras, a partir dessas parcerias com os governos federal e estadual.

Pela sua percepção, como morador da cidade e político, agora no executivo da administração do município, os problemas são enormes, né?

- Sem dúvida. Um município com 79 quilômetros quadrados, uma cidade muito grande, se compararmos com São João, que são 34 quilômetros, Mesquita, com 12, Nilópolis, com a mesma área. E os recursos desses municípios são praticamente os mesmos. Os recursos de São João são os mesmos de Belford Roxo. Só que nós temos o dobro de escolas, o dobro de estradas, para fazer obras e saneamento, necessidade de mais postos de saúde. Ou seja, precisamos de mais recursos para arrumar a casa.

Como está a situação do recolhimento de lixo?

- No dia 2, a cidade estava coberta de lixo. Imediatamente organizei um mutirão para amenizar o sofrimento da população. estou pedindo a ajuda da população, porque criaram um hábito ruim. Como o lixeiro não passava regularmente, criaram o hábito de deixar o lixo na esquina, como se fosse ponto de recolhimento. Eu peço que não façam isso. Coloquem o lixo no dia em que o lixeiro vai passar na sua porta.

O que o senhor pretende fazer para marcar sua administração na cidade, de imediato?

- Quero resgatar a auto estima da população com muitas ações positivas. Mas, não vamos fazer maquiagem. Vamos realizar coisas definitivas. Hoje, você entra na cidade e não vê nada de novo acontecendo. Mas, logo você vai perceber a mudança. Temos uma cidade que tem potencial, uma população esperançosa, que tem garra, vontade de trabalhar. Diante disso, minha determinação é fazer uma grande transformação na cidade. Tenho dito isso para os amigos vereadores, propondo também parceria para que juntos possamos fazer essas mudanças. Temos 25 vereadores comprometidos com a mudança da cidade. Fui vereador por dois mandatos e sei a importância do trabalho deles. Eu sempre digo: não importa o tamanho dos problemas, mas a nossa capacidade de superá-los.

Pode citar mais um exemplo concreto da parceria com o governo do estado?

- Apenas para Nova Aurora já conseguimos a liberação de R$ 12 milhões para obras de saneamento. Vamos acabar com aqueles valões. Está liberando também 74 quilômetros de asfalto para a realização do Programa Bairro Novo. O que significa isso: o governo do estado faz asfalto, obras de águas pluviais, esgoto, pintura, arborização e iluminação. Por isso que se chama Bairro Novo. É um projeto que apresentamos para mudar a cara dos bairros, oferecer dignidade para os moradores.

Algum outro projeto em execução dessa parceria? 

- Apresentamos um projeto para duplicação da Avenida Joaquim da Costa Lima, que corta a cidade. Isso já está sendo viabilizado. Está liberando 11 quilômetros do projeto Asfalto na Porta, que vai ser iniciado na próxima semana (final de março). Está liberando quatro Clínicas da Família. Essa parceria do governador Sergio Cabral, sem dúvida, está sendo muito importante.

E a iniciativa privada, o senhor já se reuniu com esse segmento?

- Sim, queremos criar aqui um polo industrial, atrair novas empresas, gerar mais empregos e renda para os trabalhadores. Isso significa mais arrecadação para o município, mais desenvolvimento para a cidade. Temos um plano de incentivo fiscal para a criação desse polo e já conversei com os empresários que mostraram muito interesse e já estão começando a trabalhar nos projetos com a gente.

Mas, com tantos problemas, que prioridade o senhor estabeleceu?

- A prioridade número um do nosso governo é a Saúde. Vamos reformar e fazer mais postos. Encontramos a população desassistida. Era necessário contratar mais médicos, mas faltava também gestão nas unidades. Vamos contratar mais pediatras, mais ortopedistas, mais clínicos, mais cirurgiões, e colocar o centro cirúrgico do Joca para funcionar. Vamos trabalhar com muita determinação para que a população tenha dignidade e respeito.


Via Vermelho.org.br


segunda-feira, 25 de março de 2013

Nathália Queen ganhadora do Miss Brasil Juvenil 2013 teve dia de artista em Belford Roxo




A jovem Nathália Queen, moradora do bairro Santa Amélia, em Belford Roxo, ganhadora do concurso Miss Del Continentes Brasil Juvenil 2013, teve nesta última sexta-feira um dia de artista. A miss foi entrevista pela TV Record, a reportagem será exibida amanhã no programa Balanço Geral do apresentador e deputado Wagner Montes. A equipe esteve com Nathália, vizinhos, comerciantes e com um fã clube da Jovem Miss, e por onde Nathália passava as pessoas pediam para tirar fotos com a Miss.







Nathália também será entrevistada pelo jornal Extra e pela revista Caras.



Via Notícias de Belford Roxo




Lideranças buscam reativar o trabalho das Cooperativas de Catadores de Belford Roxo



Na cidade de Belford Roxo encontramos a Federação de Mulheres e Cooperativas de Recicláveis (FEMUCOOP) que foi criada há quase 30 anos e reúne três cooperativas: catadores de materiais recicláveis, calçados e artesanato que juntas reúnem mais de 9000 pessoas.

Atividades de geração de renda.

Antes de serem excluídos, pela administração passada e verem seus projetos e sonhos colocados de lado a Cooperativa de catadores possuía 6 depósitos espalhados pelo município, para receber o material recolhido pelos catadores que faziam a separação e a venda.

Cooperativa de calçados: abastece o pólo de calçados de Belford Roxo e municípios vizinhos.

Cooperativa de artesanato: trabalha com fuxico, tapetes, jornais, gesso, garrafas PET, crochê entre outros materiais. Fornece para feiras e lojas locais e de municípios próximos.

Atividades em educação eram desenvolvidas para a Alfabetização para jovens e adultos: numa ocasião o curso teve que ser interrompido após uma enchente que destruiu o material didático e os móveis. Atendia cerca de 30 pessoas.
Reforço escolar: também haviam atividades de reforço escolar que foram interrompidas por conta da falta de materiais escolares e didáticos.

Caso de sucesso:Em conjunto com a Ricamare (Rede Independente de Catadores de Material Reciclável), realizaram um trabalho em 2003 que teve como objetivo retirar os catadores do lixão para que integrassem a cooperativa. Dos aproximadamente 300 catadores, 250 aderiam à cooperativa.

Também existem projetos que a serem  realizados:

Projeto da Árvore de Natal - Confecção de árvores de Natal e enfeites com garrafas Pets - para colocação em praças de Belford Roxo no período natalino.

Evento de combate as Drogas - Seminário para o obter da Sociedade Civil apoio para o trabalho com informativos contra Drogas, principalmente o Crack. o evento deverá ser em Abril deste ano.

INTEGRAÇÃO
A coordenadora do projeto Rosely Gomes Trindade moradora de Nova Aurora, também integra vários Conselhos Municipais e Estaduais como o Conselho Municipal de Meio Ambiente de Belford Roxo, ela e outras lideranças integrantes do projeto participam de discussões entre a comunidade o governo e a iniciativa privada, onde debatem sobre a criação de políticas públicas propositivas. Um dos projetos que eles acompanham ativamente é o Projeto Iguaçu (Projeto de Controle de Inundações) que é financiado pelo PAC e pelo Governo do Estado do Rio.

Hoje eles participam de ações e discussões com assessores da nova gestão municipal de Belford Roxo, que convidaram, além deles outras lideranças locais para a participação e gestão dos projetos a serem implantados pelo governo estadual como o "Entulho Limpo" e o Programa Catadores e Catadoras em Redes Solidárias (CRS) que beneficiarão a mão de obra local dos municípios da Baixada, proporcionando a geração de renda e a sustentabilidade do meio ambiente. A Assessoria do Prefeito Dennis Dauttmam entendeu que é necessário o envolvimento de vários setores da sociedade e principalmente dos movimentos populares organizados para que as políticas públicas possam ser de fatos implantadas e obterem resultados satisfatórios que venham provocar mudanças concretas na vida dos moradores.

Via Ação Cidadania / Rosely Gomes


sábado, 23 de março de 2013

Aniversariante de Hoje - Vereador Cleuber - 23 de Março


Parabéns ao aniversariante de hoje, vereador Cleuber (PRTB). 

Ao nobre parlamentar belforroxense que tantos serviços tem prestado a sociedade, consolidando-se na política de Belford Roxo os sinceros votos de Parabéns.


Notícias de Belford Roxo

Prefeito Dennis Dauttmam decreta ponto facultativo na próxima quinta-feira



prefeito de Belford Roxo, Dennis Dauttmam, através dos atos oficiais da prefeitura publicado hoje, decreta Ponto Facultativo nas repartições da Administração direta e indireta da Prefeitura Municipal de Belford Roxo, no dia 28 / março/ 2013 (quinta-feira). Funcionarão normalmente os serviços essenciais da área da saúde como Hospital Municipal, Unidade Mista, Centros de Saúde e Unidades Básicas de Saúde, repartições de prestação continuada de serviço como coleta e remoção de lixo e repartições de serviços emergenciais.
.


Via Notícias de Belford Roxo

Polícia prende 4 traficantes e apreende 2 menores durante operação em Belford Roxo









BELFORD ROXO - Policiais do 39º BPM (Belford Roxo) prenderam, na noite desta sexta-feira, quatro pessoas acusadas de envolvimento com o tráfico de drogas na comunidade da Guaxa, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Dois menores, uma menina de 14 anos e um adolescente de 15, também foram apreendidos na operação. Todos eles seriam ligados à facção criminosa que age na região.
Com o grupo, havia três pistolas, carregadores para as armas, quatro radiotransmissores e entorpecentes (tabletes de maconha, cápsulas de cocaína e frascos de cheirinho da loló), além de material para embalar as drogas. Os detidos e os itens apreendidos foram encaminhados para a 54 DP (Belford Roxo). Os adultos foram enquadrados por tráfico de drogas, e os dois adolescentes por associação para o tráfico.

Os quatro maiores de idade eram Luiz Fernando Ferreira Pereira, de 21 anos; Alisson Igor Pires da Silva, de 20 anos; Gustavo da Silva Gabriel, de 18; e Fernando Reis Ginçalves, de 23. Gustavo teve passagens quando ainda era menor, enquanto Alisson respondeu por estupro de vulnerável em 2011. Fernando e Luiz Fernando ainda não haviam sido fichados pela polícia.


FONTE: JORNAL EXTRA




O carnavalesco Wagner Gonçalves renova com a Inocentes de Belford Roxo



BELFORD ROXO - (CARNAVAL 2014)  Wagner Gonçalves continua na equipe da escola de samba Inocentes de Belford Roxo para o Carnaval de 2014.

"Seguirei por mais um ano na Inocentes, pois confio no projeto de crescimento da escola e na vontade e dedicação da presidência de consolida-lá como uma grande escola de samba e geradora de projetos sociais", esclareceu o carnavalesco.

Após receber convites de outras agremiações, Wagner decidiu que fica na caçulinha da Baixada e renovou seu contrato.

"Fiquei seduzido e honrado pelos convites das escolas do Especial, mas hoje sei que toda a comunidade, baianas, passistas, ritmistas, velha guarda e a direção da Inocentes precisam e confiam no meu trabalho de criação. Ficar por mais esse ano na escola é respeitar a comunidade e a direção que foi quem abriu as portas para mim para fazer o primeiro carnaval solo no Grupo Especial", destacou.

"Conheço todo o mecanismo de produção da escola de Belford Roxo e isso facilitará também o desenvolvimento do meu projeto de enredo. Em 2013, realizamos um desfile digno, grandioso, que foi muito elogiado e aplaudido pelo público. Conseguir ficar no grupo é uma outra questão. O importante é estar consciente de ter realizado um belo espetáculo. Já estou com as mãos na massa desenvolvendo duas pesquisas de temas por solicitação do presidente", completou.

Em breve, a escola anunciará oficialmente seu enredo.


Via SRZD


Posse na OAB de Belford Roxo





O advogado Abelardo Tenório foi reeleito presidente da 53ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Belford Roxo.

A posse foi realizada no último dia 14, no Country Clube Belford Roxo, e reuniu várias autoridades, entre elas, o prefeito da cidade, Dennis Dauttmam.

Abelardo e o vice Paulo de Souza ficam no cargo até 2015.


Via Jornal Extra- Mais Baixada


Belford Roxo terá espetáculo teatral da Paixão de Cristo



BELFORD ROXO - Acontecerá no dia 29 de Março, o espetáculo teatral A Paixão de Cristo,que desde 2010 vem atraindo milhares de espectadores, no último ano 3 mil pessoas acompanharam e se emocionaram com a vida e morte de Jesus Cristo. A peça conta com a participação de 120 atores e 30 na parte técnica.


A encenação conta a história dos últimos dias de Jesus começando pelo "Sermão da Montanha" e encerrando com a sua morte, ressurreição e ascensão aos céus. A Paixão de Cristo é um espetáculo sem fins lucrativos e dentro em breve o espetáculo se tornará oficial na cidade.




Participe e leve sua família para esta peça emocionante, a encenação se iniciará às 19h, (dia 29 de março - sexta-feira) na Rua Tutóia 24, Igreja Nova Vida, Heliópolis, Belford Roxo.


Veja o vídeo abaixo

 


Via: Jefferson Ferc